Fabio Leoni Werneck

De Biografias - Entomologistas Brasileiros
Ir para navegação Ir para pesquisar

Fabio Leoni Werneck - Foi um Médico (1894-1961), entomologista e pesquisador brasileiro.

Fabio Leoni Werneck
Imagem: Fabio Leoni Werneck

Área de Atuação

Malófagos de mamíferos

Biografia

Nasceu na cidade do Rio de Janeiro em 13 de agosto de 1894. Em 1919 formou-se em medicina pela Faculdade Nacional de Medicina e, em 1920, em farmácia pela Faculdade de Farmácia e Odontologia do Rio de Janeiro. O título de doutor em medicina foi obtido somente em 1936, com a defesa da tese intitulada Contribuição ao conhecimento dos Mallophagos encontrados nos mamíferos sul-americanos.

Ainda estudante, frequentou, como voluntário, os laboratórios de Zoologia, Parasitologia e Histologia da Faculdade de Medicina e os de Química Mineral e Analítica da Escola Politécnica. Também esteve no Laboratório de Química Analítica do Serviço Geológico e Mineralógico, sob a direção de Orville Derby.

De 1919 a 1931 exerceu a profissão de farmacêutico como diretor técnico do Laboratório Werneck, que havia recebido de herança.

Ingressou no Instituto Oswaldo Cruz (IOC) em 1930, como voluntário, no Laboratório de Entomologia, chefiado por Ângelo Moreira da Costa Lima. Entre 1931 e 1932 frequentou o Curso de Aplicação do IOC, tendo obtido diploma de aperfeiçoamento e especialização. Nessa época, publicou seu primeiro trabalho, intitulado Nota prévia sobre uma nova espécie de Mallophaga (Gyropidae). Logo após a conclusão do curso tornou-se adjunto de chefe de laboratório, atuando nesta função de 1933 a 1936, quando passou a chefe de laboratório. Em 1951 foi promovido a pesquisador, exercendo também a função de professor de entomologia no IOC.

Werneck realizou várias excursões científicas pelo interior do Brasil coletando anopluros e malófagos de mamíferos e aves, sua especialidade. Em 1945 foi designado para exercer a função de professor de entomologia aplicada no curso de Peste, do departamento Nacional de Saúde, realizado em Recife, Pernambuco.

Em 1943 recebeu bolsa de estudos da John Simon Guggenheim Memorial Foundation para estagiar na Universidade de Stanford, em 1953, beneficiou-se de bolsa de estudos concedida pelo Conselho Nacional de Pesquisas (CNPq) para viajar à África a fim de coletar material e visitar as coleções de malófagos e anopluros depositados em museus europeus.

Autor de dois livros e de mais de sessenta trabalhos científicos, Werneck foi homenageado, dentre outros, com o gênero Werneckiella Eichler, 1940 e algumas espécies, tais como Ornithonyssus wernecki (Fonseca, 1935), Strongylocotes wernecki Guimarães & Lane, 1937; e Pariodontis wernecki Lima, 1940.

REFERÊNCIA: Fundo Instituto Oswaldo Cruz: Inventário dos documentos das coleções científicas – Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 128p., 2001.


Fontes

Fábio Leoni Werneck